Intransitividade

Date: outubro 24,  2014
Author: carolina
Comments: Nenhum comentário
Categories: Verso

por fim, ela foi a ele uma curva na rota; transitória.

na retidão da sua voz ou no pranto tão pedindo pr’eu ficar me vi sólida egoísta predatória não floresce nesta vida e a história sem laço desatou-se da memória o tempo nos mostra a alternativa... ela transeunte eu intransitiva. carolina.

Read More
versinhos d’um amor boêmio

Date: setembro 01,  2014
Author: carolina
Comments: 1 comentário
Categories: Verso

samba bem junto me crava seus olhos de quem fotografa não se desfaz nem de mim nem da garrafa sinto o aperto da mão na cintura com outra mão ele firma a cachaça dou volta, dou duas, um mundo e queimo por dentro quando ele me enlaça pra ela um gole a mim um beijo meu amor boêmio quer bem a nós duas, faz.

Read More
no centro do palco

Date: Maio 22,  2014
Author: rafael
Comments: 1 comentário
Categories: Verso

por Rafael. o tempo não hesita em nos tornar coadjuvantes de.

Read More
sonhava ser poeta

Date: Março 31,  2014
Author: rafael
Comments: Nenhum comentário
Categories: Verso

por Rafael. sempre sonhei que para ser poeta era só rimar ou dar enter quebrando tudo ou uma frase em várias coisas. no fundo era. para poesia basta.

Read More
O triunfo da falta de vontade

Date: agosto 26,  2013
Author: marco
Comments: Nenhum comentário
Categories: Verso

Espere outra hora pra fazer. Espere alguma coisa boa acontecer. O dia virar noite, a noite virar dia com o sol que invade o céu,   até o que não devia.   Espere a festa acabar. Espere o dono fechar a porta do bar. Espere a pedra rolar a montanha e traga ela de volta pro mesmo lugar.   Espere no consultório. Espere.

Read More
Na ilha de uma revista famosa

Date: agosto 05,  2013
Author: marco
Comments: Nenhum comentário
Categories: Texto Curto, Verso

O que você diz não vale atenção. "Eu, eu, eu, eu, eu",: os pés pelas mãos. Meu tempo não volta. Acho que o seu também não. Então não vai adiantar. Nunca adiantou. O que você diz é menos que o que faz. Como sempre é. E que não seja mais. O vento só fala do que.

Read More
deprediação

Date: dezembro 09,  2012
Author: murilo
Comments: Nenhum comentário
Categories: Texto Curto, Verso

Do piá aqui dentro um só lamento trocaram o parquinho pelo estacionamento. Murilo. Foto: 27147 via Compfight Read More

Tentei vadiar,

Date: outubro 15,  2012
Author: murilo
Comments: Nenhum comentário
Categories: Texto Curto, Verso

mas o café estava envenenado com vontade de trabalhar. Murilo. Foto: Thomas Hawk via Compfight Read More

Essa história de se encontrar

Date: setembro 13,  2012
Author: murilo
Comments: Nenhum comentário
Categories: Conto, Literatura, Texto Curto, Verso

escrito por Murilo Quatro da tarde. É o horário que o sol bate na janelinha e  me cega enquanto trabalho, como que para mostrar sua imponência perante a luz fraca do monitor. Ultimamente o sol muito tem dado  as caras. Há muitos dias não se vê chuva em Curitiba e, quando.

Read More